Puros & Vinhos

segunda-feira, abril 13, 2009

CAVALO MALUCO 2005

Cavalos não são decididamente, o meu forte. Escrever sobre cavalos também não, ainda por cima maluco…Vamos ver o que isto dá.

Crazy Horse, um chefe índio Sioux que ficou conhecido pela sua coragem e paixão a defender o seu povo e pelos quais deu a sua própria vida.

Tendo como intenção homenagear todos os anos uma personalidade, este, o de 2005,tem como homenageado, Luiz da Mota Capitão (Pai do produtor).

É, em minha opinião, um daqueles vinhos que não se esquecem, e de um produtor que já nos habituou a coisas diferentes (como um vinho de uma casta nunca utilizada em Portugal, a Sangiovese).

É um vinho equilibrado aromaticamente, não sendo muito exuberante, mas notando-se perfeitamente, os frutos pretos (amoras, ameixas e framboesa).

Na boca, entra para arrasar, com muitos taninos (mas mesmo muitos), mas finos, muito finos, poderoso mas ao mesmo tempo, elegante.

Encorpado, é um vinho que não engana sabe ao que cheira, e então lá aparecem as amoras ,as ameixas e as framboesas ,mas mais doces em compota de fruta. Parece ainda um vinho novo (que pena não tenho mais garrafas para ver a sua evolução), com notas de lagar e fruta ainda nova.

Marcou-me quando o bebi pela primeira vez, e um ano depois, continua em grande forma e em minha opinião ainda vai ser melhor no futuro.

Um vinho que tem passado ao lado do Marketing das revistas, que merece o estrelato, mas continua um pouco esquecido…por um lado ainda bem…

Eu, nunca o irei esquecer…

No contra-rótulo, Pode-se ler a seguinte inscrição:

"Um vinho que é uma força da natureza e que presta homenagem a todos os "Cavalos Malucos", apaixonados e desassombrados que pensam pela sua cabeça e trilham o seu caminho com paixão pela diferença".

Acho que nós , Puros e Vinhos ,somos um pouco assim…

Paulo Sousa

5/4/2009

7 Comments:

Blogger Presidente said...

Revejo-me totalmente nas sábias palavras do Paulo Sousa sobre este vinho e da inscrição posta pelo produtor na garrafa como sendo um incentivo a continuar o nosso caminho sem pressões.

continuo á espera de crónicas dos outros 14 confrades para colocar em cena.

5:57 da tarde  
Blogger PAULO SOUSA said...

Quando sair o 2006,digam qualquer coisa e se souberem de locais onde se possa comprar este,digam também.

7:11 da tarde  
Blogger PAULO SOUSA said...

18 valores

7:16 da tarde  
Blogger PAULO SOUSA said...

Encontro 1 Branco,no El Corte Ingles a 19.90.Corram

11:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

um dos melhores vinhos que eu já provei (pelo menos, um dos que mais prazer me deu).

É pena ser tão difícil de encontrar (só consegui comprar 1 garrafa... a última existente nas garrafeiras da região centro).

Um abr
NF

2:40 da manhã  
Blogger PAULO SOUSA said...

Boa noite,

Eu também só consegui comprar duas garrafas,em Lisboa...E já as bebi,
e concordo absolutamente consigo.também me deram muito prazer a beber,

Um abraço

10:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Encontra-se à venda a colheita de 2006 dedicada a Francisco Sousa Cardoso, na garrafeira A Casa em Alcobaça.Está fantástico.. a mim fizeram me um preço especial à caixa de 6 unidades.

11:39 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

<