Puros & Vinhos

segunda-feira, janeiro 23, 2006

MILAGRE NO DOURO


PONHAM ESTES NA VOSSA LISTA DE IMPERDIVEIS:
-OS VINHOS TINTOS PORTUGUESES DO DOURO.NA ULTIMA DÉCADA,ROMPERAM DA OBSCURIDADE PARA O CUME DA QUALIDADE.
COMPLETEI AGORA UMA PROVA DE VINHOS DE TOP DO DOURO DO ANO 2003,E A QUALIDADE É SENSACIONAL;QUINZE DOS VINHOS PROVADOS ULTRAPASSARAM OS 90 PONTOS NA ESCALA DE 100 DA WINE SPECTATOR.
AS MELHORES PONTUAÇÕES FORAM PARA A QUINTA DO VALE MEÃO E PARA CURRICULUM VITAE AMBOS COM 95 PONTOS.
ESTAS PONTUAÇÕES CONFIRMARAM AS MINHAS IMPRESSÕES NA PROVA QUE FIZ ESTE VERÃO NA QUINTA DO VALE MEÃO,A VENERÁVEL E MARAVILHOSA QUINTA NAS ENCOSTAS DO DOURO E PERTO DA FRONTEIRA COM ESPANHA.
OS RAPAZES DO DOURO ,COMO SE AUTO ENTITULAM,APRESENTARAM OS SEUS VINHOS.
ELES SÃO UM GRUPO INFORMAL DE PRODUTORES DE VINHO DO DOURO,QUE SE JUNTARAM PARA PROMOVER OS SEUS VINHOS E A REGIÃO.REPRESENTADOS ESTAVAM OS VINHOS DE DIRK NIEPOORT,VAN ZELLER,QUINTA DO CRASTO,QUINTA DO VALLADO E CLARO A QUINTA DO VALE MEÃO.
OS VINHOS DOS RAPAZES DO DOURO,ASSIM COMO OS VINHOS PROVINIENTES DAS “DUAS QUINTAS” E DO GRUPO SYMINGTON,TODOS CONFIRMARAM AS EXPECTATIVAS QUE 2003 É O MELHOR ANO DE SEMPRE PARA OS VINHOS DE MESA DO DOURO.
COMO UM TODO ESTES VINHOS OFERECEM AROMAS E SABORES DISTINTOS A ,FRUTOS VERMELHOS,AMORAS,ESPECIARIAS.TEÊM ESTRUTURA,SÃO EQUILIBRADOS E OS MELHORES TEÊM UM CREME SEDUTOR.
DEVEM ENVELHECER BEM,MAS COMO SÃO MUITO NOVOS AINDA É CEDO PARA UM A OPINIÃO MAIS CONCLUSIVA.
INICIALMENTE TIVE AS MINHAS DÚVIDAS EM RELAÇÃO A 2003.FOI UM VERÃO DE MUITO CALOR NA EUROPA,E PORTUGAL NÃO FUGIU Á REGRA.TEMPERATURAS ACIMA DOS TRINTA GRAUS NO DOURO,NO INICIO,NO MEIO E NO FIM DE JULHO.EM CLIMAS MAIS TEMPERADOS,ESTAS CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS,FAZEM VINHOS DESIQUILIBRADOS.MAS AS CASTAS NATIVAS PORTUGUESAS,COMO A TOURIGA NACIONAL,TOURIGA FRANCESA,TINTA AMARELA E TINTA RORIZ,ADAPTAM-SE BEM AO CALOR E FORAM TAMBÉM AJUDADAS POR UMA CHUVINHA NO FINAL DE AGOSTO.
A QUALIDADE DAS UVAS EM CONJUNTO COM A TÉCNICA DESTE BRILHANTE GRUPO DE PRODUTORES DE VINHO,FEZ COM QUE 2003 SEJA UM ANO MEMORÁVEL.
Á ALGUNS ANOS ATRÁS,EXISTIAM APENAS SINAIS QUE UMA REVOLUÇÃO NA QUALIDADE PODIA ESTAR A ACONTECER.A EXPERIENCIA DE RUPERT SYMINGTON,DA AFAMADA FAMILIA DONA DAS NÃO MENOS FAMOSAS CASAS DE VINHO DO PORTO,GRAHAM,DOW E WARRE,É ILUSTRATIVA.
NO INICIO DE 2002,VISITEI SYMINGTON NA MINHA PRIMEIRA VIAGEM AO DOURO.FALOU-ME NA PARCERIA COM BRUNO PRATS PARA FAZER UM VINHO DE MESA CHAMADO CHRYSEIA,DOS VINHOS DA QUINTA DE RORIZ,UMA CASA DO DOURO QUE TAMBÉM LHE PERTENCE.COMENTÁMOS OS VINHOS QUE PROVÁMOS EM CONJUNTO E SYMINGTON PARECIA HESITANTE EM ASSUMIR QUE”AS CASAS DO VINHO DO PORTO RESERVAM AS MELHORES UVAS PARA FAZER VINHO DO PORTO”.E EXPLICOU QUE OS VINHOS DE MESA DO DOURO ESTÃO DESTINADOS A JOGAR NA SEGUNDA DIVISÃO.DEPOIS DESTA CONVERSA,O CHRYSEIA TEM SIDO UM ENORME SUCESSO E OS VINHOS DA QUINTA DE RORIZ TAMBÉM.
NUMA RECENTE VISITA QUE ME FEZ EM NOVA IORQUE,SYMINGTON PARECIA UM HOMEM DIFERENTE.A PROCURA DE VINHO DO PORTO TEM VINDO A ALARGAR-SE E AS AUTORIDADES TOMARAM MEDIDAS RESTRITIVAS,PARA NÃO VULGARIZAR O VINHO DO PORTO.DO PONTO DE VISTA DO PRODUTOR DE UVAS FAZ MAIS SENTIDO FINANCEIRAMENTE,VINIFICAR E ENGARRAFAR VINHO DE MESA,DO QUE VENDER AS UVAS A PRODUTORES DE VINHO DO PORTO.SYMINGTON DISSE-ME”AS PRODUÇÕES SÃO MAIS ALTAS DEVIDO A MELHORES TÉCNICAS AGRICOLAS,MAS AS AUTORIZAÇÕES PARA FAZER VINHO DO PORTO SÃO TRINTA POR CENTO MENOS QUE Á DEZ ANOS ATRÁS”.E CONTINOU “TU NÃO CONSEGUES VIVER VENDENDO UVAS E FAZENDO VINHO DO PORTO”.UM GRANDE NUMERO DE CASAS DE VINHO DO PORTO TEM PLANOS PARA FAZER VINHOS DE MESA.SYMINGTON DISSE-ME QUE O PRÓXIMO PASSO NO SEU PORTOFÓLIO DE MARCAS É CRIAR UM VINHO TINTO NA QUINTA DO VESÚVIO EM 2005.E NÃO PAROU POR AQUI,NO HORIZONTE ESTÃO O LANÇAMENTO DE VINHOS DE MESA DE CASAS DE VINHO DO PORTO COMO A NOVAL E A CHURCHILL.A QUINTA DO CRASTO VAI LANÇAR BREVEMENTE UM VINHO CHAMADO XISTO NUMA PARCERIA COM JEAN-MICHEL CAZES,COM UVAS COMPRADAS NO DOURO SUPERIOR.
APERTEM OS VOSSOS CINTOS DE SEGURANÇA PORQUE ESTÁ A COMEÇAR UMA CORRIDA MUITO INTERESSANTE NO DOURO NOS PRÓXIMOS ANOS.


KIM MARCUS
WINE SPECTATOR DEZEMBRO 2005 Tradução Paulo Sousa

5 Comments:

Anonymous António Chaparro said...

Sim Senhor..........

4:29 da tarde  
Blogger Presidente said...

Acho que está mais que provado que a região portuguesa com maior potencialidade de internacinalização e de produção de vinhos diferentes e de classe mundial é a região do Douro.
Vinhos como o Charme, Vale Meão, Vallado, Poeira, e alguns novos produtores têm mostrado vinhos tipo novo mundo, vinhos apelativos com capacidade de sedução logo no lançamento, não serápreciso esperar muitos anos para que o vinho fique bebivel como é o caso do Barca Velha ( este ainda tem o estilo velho mundo).
Viva ao douro Viva Portugal

12:34 da tarde  
Blogger PAULO SOUSA said...

vejam se encontram o vertente 2003

11:41 da manhã  
Blogger PAULO SOUSA said...

CASA LAPOSTOLLE
CLOS APALTA

AROMA- AROMAS QUENTES A GINJA E A COMPOTA

BOCA- PARECE VELUDO,MAS COM OS TANINOS AINDA PRESENTES,TUDO NUM PERFEITO EQUILIBRIO.NOTA-SE A CASTA MERLOT.
MORANGOS,FRAMBOESAS,FRUTOS VERMELHOS EM COMPOTA.REDONDO.

FINAL- MÉDIO +

MEDIANO DE CORPO
14º

COR VIOLETA ESCURA,MAIS CLARO NO BORDO E COM ALGUM RESIDUO NO FINAL.
EXCELENTE,UM VINHO DE CLASSE MUNDIAL.

PAULO SOUSA

3:36 da tarde  
Blogger PAULO SOUSA said...

SERIA POSSIVÉL CRIAR UM ESPAÇO NO BLOG PARA DAR NOTAS A VINHOS PROVADOS?

4:46 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

<